Nota de atualização - situação de interdição dos acessos
30/11/2022 - 09:56

A BR277, principal via de acesso aos portos de Paranaguá e Antonina, segue interditada no KM60, sentido Litoral do Estado, nesta quarta-feira (30). O bloqueio está na altura da praça de pedágio, em São José dos Pinhais. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) insiste na orientação de que os motoristas evitem o trecho, pois a fila já passava dos sete quilômetros de extensão.

Ainda sem previsão de liberação, muitos caminhões seguem parados na pista e no acostamento. Com isso, o Pátio Público de Triagem do Porto de Paranaguá amanheceu com apenas três veículos.

Segundo dados da Diretoria de Operações da Portos do Paraná, das 0h às 8h30 desta quarta-feira (30) apenas quatro caminhões deram entrada no local onde os veículos de carga aguardam a chamada para a descarga dos granéis sólidos vegetais de exportação. Para esta data (30), são esperados cerca de 200 caminhões.

Ontem, terça-feira (29), quando eram esperados cerca de 400 veículos, entraram apenas 141 durante as 24 horas. 

Apesar do baixo fluxo de caminhões na recepção das cargas de granéis sólidos vegetais de exportação – principal segmento operado pelo Porto de Paranaguá – ainda não é possível falar em prejuízos. Os operadores e terminais operam com estoque o que possibilita operações, pelo menos até o final de semana.

“Se a situação não for normalizada até o próximo final de semana, é muito provável que a partir de domingo e segunda já teremos dificuldade na recepção de cargas para embarque dos navios, em especial do Corredor de Exportação”, afirma a gerência de operação.

Junto aos terminais e operadores, a Portos do Paraná já tem adotado medidas para evitar a formação de filas e para atender os caminhões que estão em viagem e perderam os respectivos agendamentos.

Os novos cadastros dessas quarta e quinta-feiras já foram suspensos. Os caminhões que conseguirem chegar ao porto de Paranaguá, mesmo com o agendamento vencido, serão recebidos normalmente no Pátio de Triagem – sob novo agendamento.

Quando as estradas forem liberadas, ainda por outras 12 horas após essa liberação, os novos agendamentos ficarão interrompidos para que os veículos retidos possam ser recepcionados. O cadastramento será normalizado somente após esse período.

Em caso de dúvidas ou informações, os motoristas devem procurar os terminais de destino, cujo número de telefone consta nas mensagens (SMS) recebidas.

Para outras informações

*Sobre as estradas – buscar a PRF, PRE e Secretaria de Estado da Infraestrutura e Logística (SEIL)

*Sobre questões de mercado/comerciais dos segmentos – buscar os operadores e traders