Motoristas que atuam no Porto de Paranaguá recebem orientações de trânsito
01/06/2022 - 17:25

O evento, realizado nesta quarta-feira em parceria com uma transportadora, abordou as regras internas e medidas para prevenção de acidentes dentro e fora do cais.

A Portos do Paraná reuniu nesta quarta-feira (1º) motoristas que atuam no Porto de Paranaguá para uma conversa sobre segurança no trânsito. O evento, realizado em parceria com a transportadora Copadubo, abordou as regras internas e medidas para prevenção de acidentes dentro e fora do cais.

“O objetivo é manter uma comunicação constante entre porto, empresas e motoristas. Assim, reduzimos os incidentes e tornamos o trânsito mais seguro na faixa portuária”, destaca o gerente de Fiscalização da empresa pública, Cleverson Almindo.

“A intenção é tornar o ambiente de trabalho mais seguro para todos, com menos infrações e mais produtividade e eficiência. A conversa foi bem informal, com o intuito de instruir e educar”, completa.

De acordo com o diretor operacional da Copadubo, Danilo Martins de Souza, melhorar a comunicação com os motoristas é importante para esclarecer dúvidas e orientar. “Dessas conversas, desse bate-papo, surgem boas ideias que podem melhorar o fluxo de caminhões e a qualidade de vida para todos”, avalia.

Marcos Santana, motorista da transportadora há 17 anos, aprovou o formato das orientações. “Isso ajuda a estreitar a comunicação entre operadora, porto e empresa. A tendência é sempre melhorar o serviço”, aponta.

A intenção, segundo a Gerência de Fiscalização da Portos do Paraná, é promover encontros bimestrais com os profissionais do transporte.

INFRAÇÕES - Dentro do porto, as infrações mais comuns são velocidade acima da permitida (30 km/h), faróis dos veículos apagados, falta do uso do cinto de segurança e o não uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) obrigatórios ao desembarcar, que incluem capacete, colete/uniforme com faixas refletivas e calçado de segurança.

O técnico portuário Anderson Araripe explica que o não cumprimento das regras de trânsito pode resultar em bloqueio no cadastro para a entrada no cais. “A conversa foi o momento de falar diretamente com os motoristas sobre os bloqueios, como eles funcionam, prazos de duração, como é feito o desbloqueio e a importância de todos eles seguirem essas regras”, destaca.

GALERIA DE IMAGENS