Portos do Paraná vacina trabalhadores portuários contra a Influenza
15/04/2020 - 16:58

A Portos do Paraná iniciou na manhã desta quarta-feira, dia 15, a vacinação contra a gripe comum, que previne a contaminação pelo vírus influenza, entre eles H1N1 e H3N2. Ainda não há vacina para o COVID-19, mas garantir uma proteção maior contra outras doenças é importante neste momento. Por isso, está prevista a imunização de cerca de 650 pessoas, entre empregados e terceirizados da empresa pública.

“É importante se prevenir. A vacina está disponível para todos os funcionários, o pessoal das terceirizadas e, mesmo aqueles que estejam em home office podem vir tomar a vacina”, destaca Délcio Chicora, chefe da Seção de Assistência Médico Social (SEAMES).

Nesta primeira etapa, foram disponibilizadas 300 doses, em parceria com o Ministério da Saúde e Prefeitura de Paranaguá. “A Secretaria de Saúde da cidade já informou que vai disponibilizar mais nas próximas semanas para abranger a todos os funcionários”, conta.

No primeiro dia de vacinação, 200 trabalhadores foram imunizados. A próxima etapa será realizada na quarta-feira, dia 22.

Beneficiado com a proteção extra, o chefe da Seção Administrativa de Pessoal (SEAPES), Cid José Pereira, lembra que é importante cuidar da própria saúde. “Ter a possibilidade de se vacinar no trabalho é bom, pois evita que o trabalhador tenha que ir a um posto de saúde. Estamos cuidando da nossa saúde, da nossa família e dando o exemplo de que é necessário a gente seguir as normas de prevenção de doenças”, destaca.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, no ano passado foram quase 5 mil mortes provocadas pela gripe, com predominância da Influenza A (H1N1). Por isso, se prevenir contra as gripes comuns também ajuda a um combate contra o COVID-19, mesmo que para este ainda não haja vacina. De acordo com especialistas, se o corpo é acometido por um outro vírus ele enfraquece a resposta imunológica para um novo combate caso contraia uma outra doença.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias