Notícias

08/05/2019

Transporte de cargas por trens cresce 15% nos Portos do Paraná

A quantidade de cargas transportadas por trem até os Portos do Paraná cresceu 15%, entre janeiro e abril de 2019. Foram 3,2 milhões de toneladas movimentadas em 61 mil vagões.  No mesmo período de 2018, a ferrovia respondeu por 2,8 milhões de toneladas de carga, transportadas em 53 mil vagões.

 

Com mais produtos chegando e saindo por trilhos, o uso do modal rodoviário caiu quase 26%. “O número de caminhões reduziu em vista do frete. O que pôde ser agregado, foi para os vagões, o que fez aumentar o volume movimentado pelo modal ferroviário”, explica o diretor de Operações, Luiz Teixeira.

 

As dificuldades geradas pelo tabelamento do frete às transportadoras pode ser fator que fez aumentar, também, a movimentação de cargas por navegação dentro do país. A chamada cabotagem cresceu 6,2% no quadrimestre.

 

Entre janeiro e abril de 2018, o volume de carga transportada por cabotagem foi de 750.829 toneladas. Neste ano, foram 797.348 toneladas. Dos 68 navios que atracaram, nesta modalidade, 51 foram de granéis líquidos, 15 e contêineres e dois de granéis sólidos.

 

“Trabalhamos constantemente para que os custos logísticos dos operadores portuários sejam reduzidos. No entanto, consideramos saudável essa busca de alternativas frente as dificuldades no transporte de carga. A diversificação dos modais é sempre positiva”, comenta o presidente dos Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

 

RODOVIA – A quantidade de caminhões que movimentaram pelo Porto de Paranaguá, que era de 161.105 no primeiro quadrimestre de 2018, caiu para 119.269 no mesmo período em 2019.

 

O volume de carga transportado pela rodovia, nos dois sentidos, também registra queda. De 5,8 milhões de toneladas, nos primeiros quatro meses de 2018, passou para 4,3 milhões este ano.

 

IMPACTO: O uso de modais alternativos tem impacto direto nos custos logísticos e no fluxo de tráfego das estradas. Para se ter ideia, um vagão tem capacidade para transportar cerca de 45 toneladas de produtos, cinco toneladas a mais do que um caminhão. Para carregar um navio de grãos, são necessários, em média, 1.500 vagões, ou 1.800 caminhões.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.