Notícias

23/10/2018

Bibliotecas de Paranaguá recebem obra sobre o Porto da cidade

A partir desta semana, quem acessar as bibliotecas do município de Paranaguá vai contar com um novo material, que conta a história do porto paranaense instalado na cidade. Com informações atualizadas e muitos recursos gráficos, o livro Porto de Paranaguá, de autoria do escritor Eduardo Sganzerla, foi lançado em agosto deste ano e reúne informações importantes sobre a base de exportação e importação que mais se desenvolveu no Brasil nos últimos anos.

O material foi entregue pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) às instituições de ensino do município nesta terça-feira (23), data em que é comemorado o Dia do Livro. O objetivo é que a produção sirva como recurso didático e paradidático nos estudos sobre as atividades portuárias, um dos principais vetores da economia do Paraná e do Brasil.

“São informações valiosas sobre movimentações, investimentos, obras e projeções, além das naturezas das cargas e do lugar ocupado pelo Porto de Paranaguá no cenário mundial”, disse o diretor-presidente da Appa, Lourenço Fregonese. “Há, também, dados importantes sobre economia, produção agrícola no Estado e programas ambientais, que elevaram o porto ao primeiro lugar no Índice de Desempenho Ambiental [IDA]”, comentou Fregonese.

PÚBLICO – A estimativa é a de que mais de 10 mil alunos sejam diretamente beneficiados com a iniciativa no interior das instituições. Os adolescentes Luiz Felipe Viana Antonio e Raíme Santos da Cruz, que estudam no curso Técnico de Informática, do IFPR (Instituto Federal do Paraná), estão entre os estudantes alcançados e já tiveram contato com o livro.

A bibliotecária da instituição, Maria do Amparo Cardoso, comemorou a chegada do livro. “É um material de pesquisa, rico de informação. Existem muitos alunos que fazem trabalho sobre o porto e, com certeza, será muito utilizado. Nós temos uma pós-graduação em Gestão Ambiental e estamos com a nossa primeira turma de mestrado; então, esse tipo de obra vem para enriquecer o acervo de pesquisa”, explicou.

O Colégio Estadual José Bonifácio é outro contemplado com o material. Para o diretor, Alex José Correia Weiss, o livro fará parte do processo ensino-aprendizagem. “Um trabalho sobre o Porto de Paranaguá como este, atualizado e recente, é raro. E, com certeza, os alunos dos nossos cursos, principalmente de Logística e Administração, farão uso desse material rico”, disse.

O LIVRO – Com 184 páginas, o livro é fruto de ampla pesquisa e apresenta os avanços obtidos pelo Porto de Paranaguá na última década, destacando os investimentos em infraestrutura, os recordes de produtividade, o planejamento estratégico para movimentação de cargas até 2030 e os desafios para movimentar mais cargas, com respeito e proteção ao meio ambiente.

O autor, Sganzerla, já atuou em grandes veículos de comunicação, como Folha de São Paulo e Gazeta Mercantil, produzindo matérias sobre economia e política. Segundo ele, a motivação para a produção foi a necessidade de se tornar públicos os avanços percebidos nas atividades portuárias do local. “O porto tem muitos resultados a mostrar, hoje. Opera acima das 50 milhões de toneladas anuais e vem batendo recordes de movimentação de cargas há sete anos consecutivos, como mostram os números”, enfatizou Sganzerla.

Jornalista: Cléber Gonçalves.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.