Notícias

19/02/2018

Mapa criado pela Appa é usado em salas de aula do Litoral

O ano letivo de 2018 já começou e, mais uma vez, um material elaborado pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) servirá como apoio pedagógico nas salas de aula do Litoral paranaense. Trata-se do Mapa das Comunidades, que de forma dinâmica e colorida apresenta a região litorânea, destacando as características culturais, turísticas e econômicas das comunidades ilhadas das baías de Paranaguá e Antonina.

O material foi distribuído para cerca de 60 instituições de ensino do Litoral e entregue às 15 comunidades ilhadas que estão representadas nas ilustrações. Além das indicações geográficas, o mapa ilustrado apresenta informações sobre o tipo de atividade econômica desenvolvida em cada comunidade; dados sobre o estoque pesqueiro em diferentes pontos das baías – incluindo a predominância da pesca da tainha e a coleta de marisco, siri e outras espécies –; ações socioambientais desenvolvidas pela Appa; e características culturais de cada localidade.

Segundo o diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino, a parceria firmada com as instituições de ensino é fundamental para a valorização histórica da região e o fortalecimento da relação do porto com a cidade.

“Além de influenciar no crescimento do Estado, os portos do Paraná contribuem também para o desenvolvimento socioambiental. Ver o trabalho desenvolvido pela Appa servindo de apoio a professores e alunos nos faz acreditar ainda mais no valor de ações como esta”, disse Dividino. Ele destacou ainda que em breve a Appa lançará um novo material didático destinado às crianças.

NA PRÁTICA - Um exemplo de trabalho que já foi desenvolvido com base no mapa vem da Escola Municipal Manoel Viana, que fica no Centro de Paranaguá. Com base no material, os alunos de 4º ano do ensino fundamental desenvolveram um projeto e aprenderam sobre o lugar onde vivem e as riquezas naturais que os cercam.

O projeto pedagógico foi planejado e colocado em prática pela professora Luciana Corrêa de Ramos, que explicou como ocorreu a ação. “Foi um trabalho que integrou várias disciplinas. Utilizando o mapa, as crianças aprenderam sobre aspectos históricos, geográficos, econômicos e turísticos da nossa região e puderam se identificar com isso”, explicou.

O trabalho foi desenvolvido durante uma semana e envolveu leitura e produção de texto, interpretação de mapas, construção de gráficos, produção de maquetes, entrevistas com moradores e visitas, entre outras ações. Depois desse aprendizado o que não faltou foi história para contar. “A gente trabalhou, brincou, ouviu histórias e aprendeu bastante. O que eu mais gostei de fazer foi a maquete da nossa região”, contou a aluna Laysa Pérola.

PORTO SUSTENTÁVEL – A criação e distribuição do Mapa das Comunidades reforçam as ações desenvolvidas pelo programa Porto Sustentável, que reúne mais de 40 projetos socioambientais. A atuação da Appa nesse eixo tem servido como referência nacional. Recentemente, o Porto de Paranaguá foi eleito o primeiro colocado no país no Índice de Desempenho Ambiental medido pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

Jornalista: Cléber Gonçalves.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.