Carga Geral


A carga geral é movimentada em diferentes pontos do Cais Público, buscando-se, sempre, determinar a atracação de navios nos berços mais próximos dos locais de descarga e armazenagem, na importação, ou onde localizam-se as cargas destinadas à exportação.

Normalmente, as operações envolvem serviços com equipamentos de bordo especializados, transporte local rodoviário, empilhadeiras e armazenamento coberto, ou ainda em pátio. Outras vezes, as operações são feitas diretamente no costado do navio, tanto para importação como para exportação, dispensando-se os serviços de movimentação interna nas dependências do Porto, seguindo-se assim, as cargas diretamente do navio aos armazéns privados na retro-área, ou vice-versa.

Neste contexto, alguns produtos merecem destaque especial:

Papel e Derivados – Da mesma forma, através de concessão e arrendamento à iniciativa privada, o Porto de Paranaguá conta com dois terminais para movimentação de papel e derivados dentro das áreas da faixa portuária.

Peças industriais e Equipamentos - Com o novo layout de operação, cerca de 30 mil metros quadrados foram abertos dentro da área primária para a movimentação deste tipo de carga.

A APPA conta ainda com 9 armazéns, entre públicos e arrendados, com 63.980 m² de área e capacidade operacional de 1.500 toneladas (navios sem preferência) a 9.000 toneladas (maior preferência para carga geral) por navio/dia de movimentação.
Recomendar esta página via e-mail: