Meio Ambiente


Os Portos do Paraná têm se firmado como referência em meio ambiente. Em Paranaguá, foi criado o Clube de Serviços do Meio Ambiente, inédito no Brasil, responsável por promover a atuação sócio-ambiental responsável dos usuários e prestadores de serviços dos portos paranaenses.

Em Antonina, cuja baía pertence ao Estuário de Paranaguá, uma das regiões de manguezais mais preservados da remanescente Floresta Atlântica, o terminal privado da Ponta do Félix, lá instalado, possui a o selo de EcoPorto. A área é referência mundial quanto ao meio ambiente, pois está numa área de preservação e mantém toda a área verde em sua volta sem degradação. De toda a área arrendada para o terminal, apenas 14% foi ocupada pelas instalações e a restante considerada área de preservação permanente.

Estes diferenciais creditaram os Portos do Paraná a serem anfitriões da I Convenção Hemisférica de Proteção Ambiental Portuária, promovida pela Organização dos Estados Americanos (OEA) e que reuniu em Foz do Iguaçu, entre os dias 21 e 24 de maio, representantes de portos de 34 países para discutir a preservação ambiental no sistema portuário.

Recomendar esta página via e-mail: